Um reconhecimento

à força da mídia para inspirar a cultura de doação no Brasil

O 1° Prêmio MOL de Jornalismo para a Solidariedade é uma iniciativa do Instituto MOL para reconhecer o trabalho de profissionais e estudantes de jornalismo que contribuem para fortalecer a cultura de doação, a solidariedade e a atuação das organizações da sociedade civil - destacando a importância dos temas para o exercício da cidadania em nosso país.

Três personagens coloridos e uma ave, com corações e flores em volta e câmeras fotográficas.

O que você precisa saber

QUEM?

 

Serão premiados trabalhos nas categorias texto, áudio, vídeo e fotografia publicados em veículos de comunicação profissionais e acadêmicos no período de 01/01/2022 a 05/12/2022.

Acesse o edital completo e inscreva-se

QUANDO?

 

Os candidatos poderão enviar seus trabalhos a partir do dia 17/8/2022 até 09/12/2022.  Os resultados serão divulgados em março de 2023.

COMO?

 

A realização do Curso MOL de Jornalismo para a Solidariedade é gratuita e pré-requisito para a participação no Prêmio.

Dois personagens em cima de uma folha de papel voando com letras do alfaberto voando.

Categorias

Um reconhecimento a quem fortalece a cultura de doação e promove um Brasil mais doador

CATEGORIA PROFISSIONAL

Texto

Reportagem em texto publicada em veículo digital ou impresso, como sites de empresas jornalísticas, portais de notícias, blogs jornalísticos, jornais ou revistas de periodicidade igual ou inferior à trimestral, no ano vigente da premiação.

Personagem azul com a mão para cima apontando para letras.
Balão de fala azul

Premiação R$ 5 mil

CATEGORIA PROFISSIONAL

Áudio

Reportagens em áudio, que podem ser episódios de podcast publicados em plataforma de streaming, bem como reportagens em áudio veiculadas em emissoras de rádio no ano vigente da premiação.

Personagem verde com fone de ouvido e segurando um microfone

Premiação R$ 5 mil

CATEGORIA PROFISSIONAL

Vídeo

Reportagem em vídeo veiculada em canais de televisão ou publicados em plataformas digitais de vídeo, no ano vigente da premiação. 

Personagem amarelo com uma câmera de filmagem e apontando para cima.

Premiação R$ 5 mil

CATEGORIA PROFISSIONAL

Fotojornalismo

Foto ou série de fotos publicada em veículo digital ou impresso.

Personagem roxo com cabeça de pássaro segurando uma câmera fotografica tirando uma foto.

Premiação R$ 5 mil

CATEGORIA ACADÊMICO

Jovem Jornalista

Reportagens produzidas por estudantes de comunicação e publicadas em veículos acadêmicos e/ou reportagens produzidas por jovens jornalistas e publicadas em veículos comunitários, independentes ou de grande circulação no ano vigente da premiação. Englobam as categorias: podcast/rádio; reportagem multimídia/digital/vídeo; impresso; fotojornalismo; HQ/zine.

Personagem em colagem rosa com uma estrela verde claro na mão

Premiação R$ 3 mil

PARA SABER MAIS

Leia o regulamento

Rosto azul de um personagem com óculos sorrindo e olhando par ao lado.

Princípios

As bases do Prêmio MOL de Jornalismo para Solidariedade

Diversidade

Atenção a diferentes vozes, com abrangência racial, de gênero e geográfica.

Ética

Respeito ao ser humano em sua integralidade.

Responsabilidade

Veiculação de informações apuradas com rigor técnico, que visam conscientizar para a atuação cidadã.

Jurados

Breiller Pires_2.jpg

Breiller Pires

  • LinkedIn

Jornalista esportivo, suas reportagens sobre temas que envolvem futebol, política e direitos humanos, como racismo, homofobia e violência

no ambiente esportivo resultaram em investigações nas CPI's do Tráfico de pessoas e da Exploração sexual de Crianças e Adolescentes no Congresso Nacional. Recebeu diversos prêmios, além de uma menção honrosa no 33º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo.

Cecilia Olliveira_05_.png

Cecília Olliveira

  • LinkedIn

Jornalista investigativa, foi a única finalista latino-americana do Prêmio Repórteres Sem Fronteiras para a Imprensa de 2020, que celebra vozes intrépidas e corajosas na mídia global. É diretora da ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo - e do Instituto Fogo Cruzado – organização da sociedade civil que produz e divulga dados abertos e colaborativos sobre violência armada no Brasil.

Rene Silva(1).webp

Rene Silva 

  • LinkedIn

Criador do Voz das Comunidades aos 11 anos, ficou famoso ao noticiar pelas redes sociais a invasão policial no complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. É um dos mais importantes nomes do jornalismo comunitário brasileiro, inspirando iniciativas país afora. Graças a seu pioneirismo, foi considerado um dos negros mais influentes do mundo pela organização Mipad (Most Influential People of African Descent), de Nova York.

Elaize Farias.jpg

Elaíze Farias

  • Twitter

Cofundadora da agência Amazônia Real, é referência em reportagens sobre povos originários, populações tradicionais, denúncias de violações de direitos territoriais, direitos humanos e  violências socioambientais. Entre os reconhecimentos recebidos está o Prêmio Imprensa Embratel. Em 2021, foi homenageada, no 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da ABRAJI.

Dennis de Oliveira.jpg

Dennis de Oliveira

  • LinkedIn

Professor de comunicação, ativista e pesquisador na área de cultura popular e movimentos sociais e consultor de organizações não governamentais na área de direitos humanos. Autor dos livros "Jornalismo e Emancipação - uma prática jornalística baseada em Paulo Freire", "A luta contra o racismo no Brasil" e "Jornalismo e os Dilemas na Sociedade da Inflação das Informações". 

Sobre o Curso

O Curso MOL de Jornalismo para a Solidariedade é uma formação gratuita e online sobre cultura de doação a profissionais, estudantes e comunicadores interessados no tema. O objetivo é proporcionar informações – dados inéditos, ideias de pautas, lista de fontes, cases e personagens, para ampliar a cobertura sobre o assunto com maior qualidade, criatividade e diversidade.

Em seis videoaulas, os participantes percorrem uma trilha sobre o panorama da doação no Brasil, conhecem as inovações tecnológicas e financeiras que impulsionam a doação e recebem dicas sobre novos caminhos de pauta a partir de dados, histórias e narrativas engajadoras.

Além das aulas gratuitas e com certificado, os participantes têm acesso a materiais complementares, como o Guia de Pautas, Guia de Fontes e também o Bê-a-bá da Doação.

Banner com logo do Curso MOL de Jornalismo para Solidariedade. Ilustra de um caderno e um lápis.
 

FAQ